Foto: Reprodução/Romildo de Jesus – Tribuna da Bahia

As luminárias decorativas instaladas na Baixa do Bonfim pela Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), foram alvos de vandalismo no domingo (21). Na ocasião, 19 luminárias foram furtadas, além de 300 metros de fios de cobre.

Somente no primeiro semestre deste ano, Dsip já gastou R$750 mil para reposição de material furtado ou manutenção de equipamentos danificados por vândalos na capital baiana. De janeiro até este mês de julho, houve a necessidade de reposição de 1,2 mil metros de cabos, seis postes, seis novos braços de iluminação e seis luminárias de LED.

Para evitar atos de vandalismo, a diretoria utiliza diversos métodos antifurto, reforçando os eletrodutos com envelopamento em concreto e a caixa de passagem, buscando dificultar o acesso à fiação. Os cabos e eletrodutos são enterrados e concretados a uma profundidade maior, dificultando o furto. Além disso, tem levado o caso às autoridades de segurança pública, no sentido de tentar estratégias para coibir o crime.

Como denunciar – Todo cidadão que perceber atos de vandalismo na cidade, sejam ligados a iluminação pública ou as demais áreas da cidade, pode denunciar a ação através do telefone 156. O contato também pode ser feito via internet através do portal Fala Salvador (www.falasalvador.ba.gov.br).

De acordo com o Artigo 163 do Código Penal, o ato de vandalismo é crime (destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia), com pena de detenção de um a seis meses, ou multa.

Fonte: Tribuna da Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *