Foto: Divulgação/Poder 360

Os bastidores políticos do município de Pindobaçu, localizado na região centro norte da Bahia, nunca estiveram tão movimentados. Durante a última semana a população foi surpreendida com a notícia de uma denúncia feita por uma ex servidora que acusou o prefeito David Meneses por um suposto ato de assédio sexual. Após a imprensa regional fazer a divulgação muitos apoiadores se dividiram e postaram suas opiniões nos grupos de Watsapp.

Uma parte defendeu a atitude da ex servidora, já outros condenaram a atitude da mulher, atribuindo a sua denuncia a uma jogada política, supostamente ligada ao grupo de oposição. Inclusive divulgando uma foto em que a denunciante aparece com o pré-candidato Rui Camacan. Segundo fontes ouvidas, a fotografia foi tirada há meses atrás, quando ambos ainda trabalhavam no hospital municipal.

Outro fato que chamou bastante atenção foi que nos últimos dias a política pegou fogo e lideranças locais foram conquistadas e acabaram trocando de lado. O ex-prefeito Daniel Gomes, antes articulador da campanha de Rui Camacan passou a fazer parte do grupo de David Menezes. Já o vereador Galeguinho e o secretário de mineração Eri passaram para o lado de Camacan.

Quem acompanha toda essa situação de camarote é pré-candidato Noel Kadosh. Alheio a toda essa situação o político segue fortalecendo seu grupo e conquistando adesões importantes. Recentemente fechou parcerias importantes de três distritos com grande importância eleitoral. Diferentes dos demais pré-candidatos Kadosh segue sua caminhada, conquistando seguidores e possíveis eleitores.

“Não vou me envolver nessa briga, até porque não tem nada a ver comigo. Vou seguir meu cronograma de visitas, conversando com a população, para conhecer os problemas de cada localidade e pensando nas possíveis soluções. Temos um município rico, com muito recurso e não entendo porque muitas pessoas estão praticamente abandonadas a própria sorte. O meu objetivo será cuidar desse povo mais pobre, mais sofrido. Temos muita coisa pela frente, mas com o apoio da população, voltaremos a ter um filho legitimo dessa terra a gerir o município”, pontuou.

Fonte: Minuto Bahia 24h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *