Foto: Reprodução

A Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj)  afirmou que vai denúnciar o colunista Leo Dias, do Metrópoles, após a divulgação de informações sigilosas sobre o estupro e gravidez da atriz Klara Castanho. A denúncia será encaminhada ao Conselho de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal, segundo a nota oficial publicada pela FENAJ.

“São fortes as evidências de que o colunista feriu o Código de Ética do Jornalista Brasileiro. Pela gravidade do caso, a diretoria executiva e a Comissão de Mulheres da FENAJ vão encaminhar denúncia contra o jornalista à Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal, que deverá apurar o caso”, diz o texto. 

A Federação não listou quais são as possíveis punições aos jornalistas que não seguem o código de ética. A Comissão de Ética dos Meios de Comunicação da Associação Brasileira de Imprensa também emitiu comunicado condenando a “exploração de vítimas de violência sexual” por jornalistas e veículos de comunicação. A nota adverte especificamente Leo Dias. 

Já o portal Metrópoles, onde as informações foram publicadas, voltou a se manifestar em nota oficial após publicar detalhes sobre o caso envolvendo Klara Castanho. O portal confirmou que o colunista não será demitido.

Fonte: Metro1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *