Foto: Divulgação/Seap

Celulares, drogas e facas foram apreendidos durante a Operação Força Máxima, realizada pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), por com apoio da Secretaria de Segurança Pública (SSP). O foco da operação era desarticular o crime organizado e erradicar as atividades ilícitas nas unidades prisionais.

Segundo a Seap, foram apreendidos 69 celulares, 1kg e 180 trouxas de maconha, oito baterias de celular, 47 carregadores de celular, 19 fones de ouvido, 15 cabos USB, 58 trouxas de cocaína, nove facas, 18 chunchus e 19 chips.

A operação foi realizada na Cadeia Pública de Salvador, Conjunto Penal de Valença, Conjunto Penal de Feira de Santana, Conjunto Penal de Brumado, Colônia Penal de Lafayete Coutinho, Penitenciária Lemos Brito, Conjunto Masculino de Salvador, Conjunto Penal de Simões Filho, Conjunto Penal de Lauro de Freitas, Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves, Conjunto Penal de Serrinha, Conjunto Penal de Vitória da Conquista, Conjunto Penal de Irecê, Conjunto Penal de Juazeiro, Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, Conjunto Penal de Jequié, Conjunto Penal de Barreiras e Presídio Regional Ariston Cardoso.

Segundo a Seap, desde o início do ano que as revistas tem sido realizadas de forma periódica nas Unidades Prisionais do Estado. Por isso, houve uma redução do número de objetos ilícitosna Operação Força Máxima.

Fonte: Correio 24 Horas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *